segunda-feira, 21 de julho de 2008

Teatro sim! Por que não??


É meio difícil explicar, mas conheço muita gente que 'não gosta' de teatro. Tem preguiça, preconceito ou simples implicância, sei lá. E falo de amigos muito próximos, gente bacana, antenada, inteligente; mas que simplesmente não vai ao teatro, há anos! Para estes e também aqueles que gostam e frequentam, aí vão duas recomendações. A primeira é 'A Reserva', texto leve de Marta Góes com Irene Ravache no papel principal, e mais Patrícia Gasppar (pois é, com dois pês...) e Evandro Soldatelli ao seu lado no palco do Teatro Cosipa, no Jabaquara. Patrícia é minha irmã...

A outra, que vi ontem em 'avant-premiére', estréia oficialmente neste final de semana no teatro do Hotel Renaissance. Trata-se de 'A Alma Boa de Setsuan', texto clássico de Brecht com Denise Fraga como protagonista e um elenco que reúne craques como Ari França e Cláudia Melo, além de cenários, figurinos e toda a ambientação, de muito bom gosto e criatividade. As duas montagens, com certeza, valem a pena. Fora, preconceito! Vamos ao teatro!!

30 comentários:

lotto numbers disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
powerball lottery disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
anna disse...

só se a cadeira for bem confortável e não passar de 1 hora e meia.

desculpem-me os atores, cenógrafos, eletrecistas, escritores, técnicos de som, donos de teatro e seus conjuges, pais e filhos.

Anônimo disse...

Valeu! Fico sempre feliz qdo alguém vai a favor do Teatro, tão desprestigiado nos nossos tempos. E sei sim que uma experiência ruim no teatro pode ser traumática, assim como uma feliz é algo valioso, mas valioso mesmo. Acho que a gente não tem hábito, paciência, "olho clínico" e poesia para ver teatro e eu mesma que vivo disso me pego ás vêzes assim. Mas vale a pena insistir e transgredir, tanto para quem está em cena como para o público. Enfim, há vida e alma em muitos palcos por aí! voilaaa!!! Bjs, Pat Gasppar.

Marina Morena disse...

Mas conta mais, Márcio! O que você achou da Denise Fraga interpretando Brecht?

Pat, assitir uma boa peça é uma experiência maravilhosa mesmo. Preciso incluir este hábito na minha rotina...
Pretendo ver a peça em breve!

Bjs

Neil Son disse...

concordo anna. bunda quadrada e ouvido de penico? to fora...

Neil Son disse...

o teatro, no seu melhor, talvez seja a mais pura e verdadeira manifestação da arte, patgasppar. a arte que é feita no aqui e agora, no momento irreprodúzivel, único; e no contato direto com o receptor, de forma viva e inigualável. mas teatro mal feito pode ser mais sacal do que qualquer outra manifestação de arte... talvez venha daí a prevenção de parte do público.

Neil Son disse...

a denisefraga tá ótima, marina. domina o personagem, domina a cena, domina o público.

alberto disse...

pois então, marcio, você tocou em um ponto muito importante. o preconceito. o espirito tacanho do 'vá ao teatro mas não me convide'. e você está convidado desde já a ver nosso "vestido de noiva", que volta ao cartaz amanhã, na sala jardel filho do centro cultural são paulo. diga quando quer ir. grande abraço. e como já disse sou leitor constante e fiel do teu blog. gosto do teu olhar e do teu texto desde que tínhamos mesas adjacentes na redação do jt. só não deixo mais mensagens pelo misto de preguiça e falta de tempo. abração!

Neil Son disse...

aê guzik, visita ilustre!! vou sim no 'vestido', te aviso quando. agora, e você? consegue identificar de onde vem esse preconceito que tanta gente tem em relação ao teatro? ouvi, por exemplo, de um grande jornalista/escritor/compositor, exatamente essas palavras: 'não vou ao teatro nem que me paguem. detesto, acho chatíssimo, mesmo que o texto seja de gente que eu conheça e goste, e mesmo que os atores sejam meus amigos - a última peça que vi foi 'trate-me leão'.

jayme disse...

Como assim Gasppar? E você, será Nneill Ssonn?
Quanto ao teatro, acho que não podemos ter preconceito, mesmo. Mas convenhamos: é um garimpo. Para cada "A Reserva", há umas 50 "Ensina-me a viver", que, aliás, só se salva nas cenas da Ilana Kaplan, brilhante, aparentemente porque dirige a si mesma.

leve&solto disse...

A única coisa que me deixa triste quanto ao teatro é que dificilmente encontramos peças para assistir de segunda a quarta... Sempre quinta a domingo.

Enfim, vou me virando com o que tenho...rs

bj

Mara

PS.: Linda irmã a sua!!!

Neil Son disse...

jayme: o gasppar com 2 pês é numerologia. poisé, ela tem dessas coisas... e qto à ilana, sou fã incondicional - adoro tudo o que ela faz!!

Neil Son disse...

levantou um ponto interessante, mara - mas a falta de peças de segunda e quarta é mais uma evidência do pobre estado do teatro - se as peças mal conseguem se pagar de quinta a domingo, vc pode imaginar o que seria daquelas que se aventurassem pelo início da semana...

Anônimo disse...

tá certo que é incomparável o número de peças em horário normal do que no alternativo mas fiquem ligados pq atualmente já tem bastante coisa bacana em cartaz de segunda a quarta. Quanto ao Gasppar, a ordem era dobrar a letra P que tinha o valôr numérico bom pra mim. Achei melhor no Gasppar do que em PPatrícia, né? E puxa, seu amigo radical.com.br, é impressionante, hein? A ultima peça que ele viu foi Trate-me Leão? Em 77? Que tal chamar o Resgate e contar pra ele que a poupança bamerindus Não continua numa boa... bjs, apesar de tb ser preguiçosa pra palpitar nos blogs tô bem animadinha dessa vêz! Pat gas.

Neil Son disse...

patgas: vc ficaria muito mais chocada se soubesse o nome da figura que vc apelidou de radical.com.br... e me diz aí: quer dizer que vc recebe ORDEM de numeróloga?? vixi...

Anônimo disse...

dããã... ordem é modo de dizer... mas isso não importa, o negócio é que agora a minha curiosidade ficou atiçadissima... quem será a pessoinha que estamos pondo em pauta... o ilustre desconhecido? Bem, sei que não vai ficar bem revelar aqui... que sabe um dia num almoço familiar vc me conta. Patgas.

leve&solto disse...

Putz, até eu tô curiosa pra saber quem é o radical...rs

Tô aceitando sugestões de segunda a quarta!
Pat, que tal deixar as dicas aqui no blog... (só eu mesmo pra ir me metendo onde não sou chamada...rs)

bjs

Neil Son disse...

pat e mara: sobre o tal do radical, não entrego nem sob tortura chinesa!

leve&solto disse...

Credo!!!

Imagino então que seja conhecido não só da Pat como meu também...
Afinal eu apenas brinquei.. e olha só no que deu!!! Agora fiquei mais curiosa ainda.... Meu lado James Bond entrará em ação...rsrrs

bjs

Neil Son disse...

é conhecido de todos, mara...

leve&solto disse...

Que babado!!! rs

Tô até com brotoeja.... rsrs de tanta curiosidade.

Bj

Mara

franka disse...

post de teatro, que demais.
A-DO-RO a patricia.
e, por causa greve dos correios, recebi o convite para a estréia... hoje. hahahaha.
beijo!

Anônimo disse...

Mara, aí vão umas dicas teatrais: umas são de horários alternativos, outras acho que não, mas são peças diversas e que considero, cada uma a seu modo, muito boas, especialmente no que diz respeito a questão aqui levantada de criar-se o hábito de ir e exercitar o gostar de Teatro... ai, chega de falar, desculpe, o blog nem é meu e tô ocupando na lata, anotem:

A confissão de Leontina, Vestido de noiva, Assombrações do Recife velho, A alma imoral, Cada um com seus Pobrema, O Natimorto, pret a porter - coletânea 1, toc toc. Dá uma conferida nos guias e se entrega... os critérios que usei são diversos, as vêzes porque são bons textos, outros ótimos atores, outros tudo isso junto, ou ainda, um diretor legal, uma abordagem interessante, um programinha gostosinho e tal e tudo! Bom proveito e espero vcs na Reserva, bjs, mara, lucia, marina e quem mais chegar... patgas.

Neil Son disse...

franka: liga pra ela e acerta outra data pra você ir.

Neil Son disse...

belas dicas, pat. e pode usar e abusar aqui do espaço.

leve&solto disse...

Muito bom encontrar as dicas por aqui.. Por mais que entre na net pra ver o que está em cartaz, sinopse e etc, nada melhor que ouvir de quem é do meio!

bjs

Mara

Neil Son disse...

pois é, mara. essa 'boiada', só por aqui mesmo...

Ana Clara disse...

Eu sou do tipo de gente que tem preguiça de ir ao teatro. Só vejo peças da Patrícia (que, aliás, geralmnete são muito boas!). Preciso criar o hábito.

E concordo com a parte da cadeira boa e duração curta. Já fui numa peça do Zé Celso... 6h sentada de lado nem rola. E olha que sou adolescente.

Ah! Voto por uma volta do "Espaço dos sem-blog" com dicas de teatro da Patrícia!

Neil Son disse...

boa idéia, aninha! vou propor a ela!!