quarta-feira, 10 de setembro de 2008

É ele!!!


Fim do mistério. O glorioso PERI (do excelente blog Armazém Peri S.C., linkado aí ao lado) matou a charada!

O personagem misterioso da foto no post anterior é o ex-tenista John McEnroe, uma verdadeira lenda do esporte, não apenas por sua carreira de enorme sucesso (ele dominou o tênis mundial na primeira metade da década de 80), como por seu gênio irascível, dentro e fora das quadras. Acima, foto atual do cara, como comentarista da ESPN.

McEnroe abalou as estruturas caretas do tênis em sua época; colecionou fãs apaixonados e inimigos mortais na mesma medida. Ao mesmo tempo em que destronava o sueco Bjorn Borg em Wimbledon, tocava em uma banda de rock e frequentava festinhas como essa aí debaixo, não exatamente o ambiente mais recomendado para um atleta profissional...

Casou-se com a atriz Tatum O’Neal – a belezinha que ganhou Oscar pelo filme ‘Paper Moon’, de Peter Bogdanovich, quando tinha apenas 10 anos de idade. Ao lado, McEnroe posa junto ao quadro de Andy Warhol homenageando o casal. O casamento resultou em três filhos e em uma série de problemas que, ao menos para Tatum, parecem ainda não ter acabado. Com a separação, em 1992, a moça entrou em parafuso: foi presa um par de vezes por posse de cocaína e depois de passar anos em clínicas e trabalhos comunitários, e de até lançar um livro celebrando a sua ‘recuperação’, foi mais uma vez em cana em junho desse ano, comprando cocaína e crack em uma esquina de Nova York...

E desde 1997, John McEnroe é casado com a celebrada roqueira Patty Smith.

Sujeito interessante esse…

11 comentários:

anna disse...

os anos lhe fizeram bem.

menos prá pobre ex que pelo jeito istraicou a moça.

peri s.c. disse...

Neil
Obrigado.
Legal esse torneiozinho que você criou. A dica facilitou.
O McEnroe foi uma grande figura nas quadras. Se jogasse hoje, com as regras disciplinares que agora vigoram,pagaria metade dos prêmios em multas, por desacato aos juízes e mau-coprtamento em quadra. Avis-rara. Aliás só pela foto do post anterior já dá para sentir.

Neil Son disse...

acho que o cara é especial, anna. a coitadinha não segurou a onda...

Neil Son disse...

peri, era legal assistir às partidas do velho mac - sempre havia a chance de uma explosão do cara, contra o juiz, o adversario ou o publico; era engraçado. hoje, polarizou entre a sem-gracice do federer-picolé-de-xuxu e o nadal com seu cérebro de ameba.

Neil Son disse...

ah! e o tenis hoje tem 3 categorias: masculino, feminino e as irmãs williams...

peri s.c. disse...

Êpa, 4 categorias !
Tem aquela, sem dúvida a melhor, onde reina absoluta a deliciosa Maria Sharapova!
Aqueles russos, em vem de ficarem soltando Sputniks, bebendo vodka e exportando revoluções deveriam se dedicar a fazer Sharapovas em série.
Só eu compraria umas 4.


Taí uma dica para musa da semana. O esporte também é uma arte. Pouco cerebral , mas é.

Ricardo Soares disse...

jamais acertaria o seu esportista!!! parabens ao peri ... e afinal o que vc foi fazer em bogotá |? encontrar-se com shakira ??hehehe

Neil Son disse...

maria sharapova é mesmo um fenômeno, peri... e aliás, soube que se pronuncia sharÁpova, e não sharapÓva, como costuma se dizer por aqui. mas a ordem do acento não altera o produto, né?

Neil Son disse...

não ricardo, não fui encontrar a shakira (uma das favoritas daqueles 'antes e depois' que rolam na web...). minha passagem por bogotá foi muito rápida e a trabalho, te conto depois... mas tb não foi pra negociar com o 'cartel' e nem pra desestabilizar o uribe...

gugala disse...

Gde João MaCarrão

peri s.c. disse...

Neil
quem sabe ela não ache de um charme irresistível a nossa pronúncia ?