quinta-feira, 30 de abril de 2009

É cada uma...


Essa semana, em Viena para uma série de shows, a cantora americana Beyoncé inovou, mas não na música - onde convenhamos, a julgar pelo pastiche de black music que quase sempre apresenta, seria difícil. A gostosona simplesmente arranjou uma sósia que fez uma visita ao Museu Albertina, um dos mais interessantes da capital austríaca, enquanto ela (a verdadeira) saía tranquilamente para bater perna pelas lojas chiques. No museu, a falsa Beyoncé foi brindada com uma visita guiada pelas maravilhas do acervo - um dos mais importantes do mundo em arte gráfica e design, com cerca de 65 mil desenhos, quase 1 milhão de preciosidades gráficas antigas e modernas, fotografias e trabalhos de arquitetura. O próprio diretor do museu fez questão de acompanhar pessoalmente a suposta cantora em sua visita.

Mais tarde, ao saber do mico, declarou indignado: "Considero isso uma afronta. Na verdade, durante a visita tive uma ponta de desconfiança: o tempo todo ela evitava o contato visual e agia, de maneira geral, de um modo um tanto estranho".

Não sei se o episódio afetou a bilheteria dos shows de Beyoncé em Viena, ou se trouxe ou trará algum dano à sua 'persona pública', ao menos entre os europeus. Mas fica a confirmação de que no topo daquele corpão, habita uma cabecinha vazia, que não teve capacidade nem pra imaginar que a 'idéia genial' só confirmaria a imagem de perua nouveau riche, consumista e fútil. Na imagem abaixo, outro mico da Beyoncé: durante show de 2007, em Orlando, a cantora levou um tombo espetacular e ainda teve o azar de ser flagrada por um esperto fotógrafo. E com direito a cofrinho...

16 comentários:

anna disse...

a bunitona de biquinão dança como ninguém.

franka disse...

que?
sósia falsa?
sério?
hahahahaha. que genial.

Anônimo disse...

hahahahahahaha! gênia a mocinha!
e que tombo horrível! como será que ela caiu de cabeça desse jeito?
aiai celebridades..
aliás, tem uma ex-bbb (adoro esse nível de celebridade!), uma tal de josiane, que depois que saiu da "casa mais vigiada do Brasil", se especializou em participar de desfiles e sempre levar tombos bizarros na passarela. é legal também.
beijos, Luisa.

Cynthia disse...

E o pior é que ela nem percebeu que o Albertina só tem lá mesmo, enquanto que as "lojas chiques" são rigorosamente as mesmas no mundo inteiro... ela poderia deixar pra fazer a ronda das butiques em L.A. ou onde quer que viva, a idiota, sem desperdiçar a chance de ver tanta coisa legal (e sem passar vergonha, ainda por cima). Tsc. Concordo com a Etta James : can't stand that girl.

pecus disse...

Um peixão que canta e dança.

GUGA ALAYON disse...

...e mente e cai

Gabriel Rocha Gaspar disse...

Concordo com o diretor do museu: isso é uma afronta. Ela poderia ter simplesmente ido fazer as compras disfarçada e não ter usado a sósia pra desmerecer o museu. Ou senão, mandasse a sósia alimentar pombos numa praça, sei lá. Aliás, para contrapor, quem foi vista caminhando livremente entre o público da Virada Cultural durante o show dos Novos Baianos foi Marisa Monte, que é muito mais cantora e uma "persona pública" muito mais interessante que essa menina que tem o cofrão no lugar da cabeça (nessa foto, literalmente). tsc, tsc, tsc

GUGA ALAYON disse...

...ou podia mandar a sósia fazer compras e o show, que ninguém ia notar...

Neil Son disse...

a menina dança, anna, é verdade. e em todos os sentidos...

Neil Son disse...

sósia verdadeira e verdadeira falsa, franka.

Neil Son disse...

putz luisa, verdade? não sei nada de bbbs...

Neil Son disse...

é mesmo, cynthia. soube que a etta james - essa sim, um 'baluarte' da black music - espinafrou a coitada. nem deveria se dar ao trabalho né?

Neil Son disse...

pecus: um peixão que canta e dança e... nada.

Neil Son disse...

mente guga? que mente?

Neil Son disse...

é gabriel, marisa monte... essa sabe das coisas. embora ainda tenha um monte de gente que insista em não enxergar.

Neil Son disse...

concordo, guga.