sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Musas de Qualquer Estação


Não deve ser fácil ser filho de gente famosa e principalmente, de gente que tem competência, talento e qualidade para alcançar esta fama e para merecê-la (coisa rara hoje em dia). Ao mesmo tempo, deve ser muito bom você conseguir se impor por conta própria, acima e além disso.
Charlotte Gainsbourg, sem dúvida alguma, conseguiu. Filha do genial loucaço/revolucionário cantor e compositor francês Serge Gainsbourg e da sempre bela atriz e também cantora Jane Birkin, Charlotte nasceu em Londres, em 22 de julho de 1971, mas foi criada em Paris. Estreou no cinema com apenas 13 anos, fazendo a filha de Catherine Deneuve no fime ‘Paroles et musique’ e dois anos depois já lançava seu primeiro disco. Alcançou fama mundial ao desempenhar o papel principal em ‘Jane Eyre’, de Franco Zefirelli, em 1996. Desde então, fez teatro na França e participou de diversos filmes, com destaque para o excelente ’21 Gramas’.

Em 2006, Charlotte surpreendeu ao lançar o CD ‘5:55’, merecido sucesso de crítica e público. O disco traz um som moderno, no melhor sentido que esse termo ainda possa ter, e uma cantora precisa, de voz sensual e muito bem colocada. Charlotte Gainsbourg é casada e tem dois filhos. E melhor: pelo visto, não há a mínima possibilidade dela largar o marido (o respeitado ator e diretor francês Yvan Attal), para se unir a algum direitista de plantão...

7 comentários:

Sibila disse...

Márcio,
isso de ser filha de pessoas famosas por um talento extremo, deve ser meio barra mesmo.
Que legal, não conhecia nenhuma das pessoas que trouxe - e a mim apresentou com detalhes - nesse post. Só li Jane Eire (c/y?), na adolescência.
Boas dicas, vou atrás.
Bj.

anna disse...

olha, não atiça...

Neil Son disse...

sibila: o gainsbourg pai causou escândalo nos anos 60 ao lado da jane birkin, ao lançar a musica 'jet' aime', que trazia os sons de uma relação sexual dos dois. foi sucesso mundial. e depois disso o cara tornou-se um dos maiore nomes da musica francesa de todos os tempos. ele já morreu, mas a jane - ainda linda - esteve no brasil recentemente, fazendo um show de bossanova!

Neil Son disse...

anna, vira essa boca pra lá, hahahaha!

jayme disse...

As sextas-feiras deste blogue vêm sendo um caso sério. Por que nunca trazem o endereço dos blogues das moças?

Sibila disse...

Márcio,
agora caiu a ficha, um dos beat nicks. Como vê, conheço mais de falar, mas pouco o que viveram e escreveram realmente. Tenho certo fascínio mesmo sem saber. Charles B. (não vou reproduzir pq não sei escrever o nome dele direito), li.
Deve ter sido certamente complicado pra ela. Os pais dela não cabiam direito na sociedade. Não sei como foram como pais.
Beijos.

peri s.c. disse...

Não aprecio musas que se enfiam dentro de pias.
Nunca entraria com ela num banheiro, poderia ter uma cruel decepção.