quarta-feira, 11 de junho de 2008

Domingo no Parque

Foi nesse último domingo, no Parque da Aclimação: o mestre Paulo Moura e o virtuose Armandinho (filho do Osmar do Trio Elétrico), acompanhados pelo grande volonista Gabriel Improta e mais um trio de percussionistas baianos, tornaram ainda mais luminosa aquela tarde de Sol...

Primeiro, o solo fantástico de Armandinho, eletrificando e carnavalizando 'Aguas de Março:



E os dois, juntos, em 'O Morro Não tem Vez':

4 comentários:

anna disse...

ducarvalho!

e numa ensolarada e sonora tarde de domingo.

peri s.c. disse...

Paulao Moura, desnecessário comentar. Armandinho, se fosse americanos ou inglês, seria considerado um dos maiores do mundo, e com esse pitoco de guitarra.
Você já viu na ( argh ) tv senado ( ou argh, tv câmara ) um programa gravado com ele e o Yamandu, que é sempre reprisado? Impressionante, parece que os dois tocam junto desde criancinhas.

Neil Son disse...

ducarvalho, dumoura e dumacedo, anna!

Neil Son disse...

tem razão, peri. e considero o armandinho ainda maior do que o yamandu, que embora também seja excepcional, muitas vezes exagera no rebuscado, no rococó. mas ele é garoto ainda, deve ser por isso.