sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Musas de Qualquer Estação





Uma Mulher com M maiúsculo. Jessica Lange, a atriz americana nascida em 20 de abril de 1949, fez curso de mímica em Paris, estudou teatro no célebre Actor’s Studio de Nova York e foi modelo, até ser ‘descoberta’ pelo produtor Dino de Laurentis, que a convidou para estrelar o primeiro remake de King Kong, dirigido pelo obscuro John Guillermin em 1976.


Depois, ganhou um pequeno papel em ‘All that Jazz’ (1979), do celebrado Bob Fosse, e foi a atriz principal de ‘The Postman Always Rings Twice’ (direção de Bob Rafelson, 1981), onde protagoniza aquela que é, para mim, uma das mais eróticas cenas do cinema, ao lado de Jack Nicholson (foto ao lado). Ali também conheceu Sam Shepard, o justamente celebrado ator e dramaturgo que é seu marido até hoje.




Um dos filmes mais recentes de Jessica é o ótimo ‘Broken Flowers’ (de Jim Jarmusch, 2005), onde vive uma hilária ‘comunicadora de animais’. Hoje quase sessentona, Jessica Lange permanece como um daqueles raros ícones femininos cuja beleza transcende em muito o aspecto físico. É uma deusa, eterna.

8 comentários:

anna disse...

gosto dela, principalmente pelas suas escolhas: de king kong a sam shepard.

leila disse...

Concordo com a Anna. Aquela marido dela é uma cooooooooisa...

Fernando disse...

Oi, Marcio,
ca estou a fazer minha primeira visita em seu blogue, apanhando do Mac do meu filho.
Chegando ao Rio, vou linkar o Quase Pouco e me estender um pouco mais no conhecimento do seu blogue.
abracao e Feliz Ntal
fernando cals

Neil Son disse...

é mesmo anna, do macacão ao cabeção, essa mulher demonstra que sabe das coisas...

Neil son disse...

pois é leila, e não é que esse casamento é um dos mais duradouros dessas normalmente efêmeras uniões entre atores holliwoodianos? mais um ponto a favor de ambos.

Neil Son disse...

welcome, fernando! foi um prazer te conhecer lá no canto madalena! espero que essa seja a primeira de muitas visitas. abração!!

franka disse...

bom natal, neil.

Anônimo disse...

Marcinho, eu já havia tentado comentar no seu blog mas nao sei por que cargas d´agua o blogger, quando aberto no meu computador, aparece todo em... finlandês! Ou seja, eu nao tinha a menor idéia de onde era o botao de enviar. Desta vez estou mandando pelo cel. O blog está uma delícia e concordo com o comentário sobre a cena do filme e sobre o maridao de la langue.
Um otimo 2008 procê!