quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Sábado? Ou em 600 anos?


Se você ainda não recebeu, provavelmente está prestes a receber um email dizendo que neste sábado, dia 14 de fevereiro, um alinhamento planetário marca a chegada da 'Era de Aquarius'. O fato é que aquilo que foi descrito há quarenta anos na letra da música "Aquarius-Let the Sunshine In" (da peça/filme 'Hair'), realmente acontecerá nesse sábado. Ou seja:

"When the Moon is in the seventh house
and Jupiter aligns with Mars.
Then peace will guide the planets
and love will steer the stars"

(Quando a Lua estiver na sétima casa
e Jupiter se alinhar com Marte,
Então a paz guiará os planetas
e o amor varrerá as estrelas)

Delírio hippie? Viagem lisérgica da geração paz e amor? Coincidência ou premonição? Bem, segundo os astrólogos, o mapa astral do dia 14 de fevereiro revela uma incrível concentração de influências cósmicas combinando com as energias de Aquarius na décima segunda casa.

- Júpiter, o planeta da expansão, e Marte, o planeta da energia, estarão alinhados com o objetivo mais elevado.
- A presença de Quíron, o curador ferido, oferece a oportunidade de curar os fatos que nos separaram durante tanto tempo de nós mesmos e do todo.
- Netuno enfatiza os movimentos humanitários coletivos e a co-criação da justiça social.
- A presença do Sol ilumina todo este alinhamento especial.
- Mercúrio, tambem na décima segunda casa, apenas um pouco além de Capricórnio, se alinha com Plutão, o que significa Transformação, para se comunicar e ancorar a mudança através de nossas estruturas globais e instituições.
- A Lua em Libra na sétima casa enfatiza o início de relacionamentos harmoniosos.
- Vênus em Áries na primeira casa, energiza e dá poder à co-criatividade e ao dinamismo.
- Saturno, o grande mestre do trabalho, em oposição à Urano, o desperto inesperado, sugere uma série de confrontações dos velhos paradigmas - que não são mais sustentados, entregando-se ao novo paradigma com novas esperanças; sua colocação entre Virgem e Peixes traz altruísmo prático e inspiração visionária nesta transição.

Esse é o discurso dos astrólogos 'otimistas', dos hippies renitentes e do tal email que falei acima. Mas uma rápida pesquisa me revelou o seguinte:

De acordo com os cálculos de diferentes estudiosos da astrologia, as datas prováveis aproximadas para entrada na Era de Aquarius serão 2638 d.C. (Elsa M. Glover), 2654 d.C. (Max Heindel) ou 2680 d.C. (Shepherd Simpson); todas elas são bastante próximas umas das outras, tendo em conta que são cálculos para um evento a ter lugar apenas no século XXV. É também entendido pelos astrólogos que esta não é uma divisão matemática do tempo, mas sim um processo, intitulado "Orbe de influência", através do qual uma era inicia a sua influência, de um modo cada vez mais visível, antes do final da era anterior. Carl Jung referiu, há cerca de cinquenta anos, que as Eras astrológicas são baseadas nas constelações reais e não nas secções de 30 graus do zodíaco. Como Pisces é uma constelação maior, a transição para Aquarius só terá lugar apenas por volta de 2600 d.C. Em 1929, a União Astronômica Internacional definiu as bordas das 88 constelações oficiais. A borda estabelecida entre Peixes e Aquário localiza o início da Era de Aquário por volta de 2600 d.C.

A Terra, em adição ao movimento de rotação em volta de seu eixo, tem um movimento de precessão envolvendo uma lenta e periódica mudança do seu próprio eixo. Este movimento dá origem à precessão dos equinócios na qual a posição do Sol na eclíptica na altura dos equinócios, medida em função de um fundo de estrelas fixas, muda gradualmente com o tempo (o Sol parece cruzar o equador no equinócio vernal, ou início da primavera, cada ano um pouco antes do ponto no qual cruzou o equador no ano anterior).

Em astrologia a Era Solar é definida pela constelação na qual o Sol aparece durante o equinócio vernal. Como cada signo do zodíaco tem (em média) 30 graus, cada era solar dura aproximadamente 70anos/grau × 30graus = 2.100 anos. Isto significa que o Sol cruza o equador no equinócio vernal em movimento de retrocesso de ano para ano a uma média de um grau em setenta e dois anos, uma constelação em cerca de 2156 anos e os doze signos em cerca de 25 868 anos (designado Grande Ano Sideral).
Esta é um divisão intelectual do círculo do zodíaco que coincide com as constelações no céu apenas um vez em cada 25 868 anos.

A última vez que este ponto de partida no zodíaco intelectual coincidiu com a constelação zodiacal foi em 498 d.C. Um ano depois destes pontos de ambos os zodíacos estarem concêntricos, o Sol cruzou o equador a cerca de cinquenta segundos de espaço para a constelação Pisces. No ano seguinte estava a um minuto e quarenta segundos em Pisces, e desde então tem vido a retroceder até que na actualidade o Sol cruza o equador a cerca de nove graus na constelação Pisces. Será pois apenas daqui por cerca de 600 anos que cruzará o equador celestial na constelação Aquarius.
Em termos simples, significa que a atual Era de Peixes inciou-se cerca de 500 d.C., dado que foi a última vez que, astronomicamente, o equinócio vernal ocorreu no primeiro ponto da constelação Áries, deixando-a e entrando na constelação de Peixes (altura em que os zodíacos intelectual e natural concordaram). Hoje em dia, o equinócio vernal ocorre, astronomicamente, a cerca de nove graus da constelação Pisces e será apenas por volta de 2600 d.C. que realmente finalizará o movimento em retrocesso por Pisces e entrará na constelação de Aquarius.


De concreto mesmo, é o seguinte: dia 14 de fevereiro é Dia dos Namorados nos EUA e na Europa, e é também o dia em que nós teremos uma hora menos (termina o horário de verão). E é também o dia em que eu vou dar banho no meu cachorro...

27 comentários:

Anônimo disse...

nem sei oq comentar, que loucuraa!!
queria ter falado no post do ronaldão, mas já foi.. tenho que frequentar mais.
acaba o horário de verão, já?
beijos, Luisa

Neil Son disse...

pois é luisa, você precisa mesmo frequentar mais esse cafofo. e comentar, é lógico! você tem muito a dizer, eu bem sei...

Márcia W. disse...

Neil,
mesmo se não rolar uma era de aquário no plano cósmico, dia dos namorados, sinceramente tem que rolar pelo menos um pa & amor privado...
Uma pitada: a história do Quíron é comovente, professor de arqueiros, médico, ensinava e curava todo mundo mas nunca consegui curar a si próprio...

peri s.c. disse...

Um alinhamento planetário é algo extremamente perigoso para o tráfego de naves espaciais.
Numa generalização grosseira, uma nave que saia de de Mercúrio com destino à Plutão, se o piloto não for bom e atento, pode acabar batendo em vários planetas, provocando acidentes de consequências desagradáveis.
A CET, ou o Scaringella, com a palavra.

Anônimo disse...

karaka!
vamos todos tomar um ácido no central park ou uma cerveja no balcão, reduto de exhippies...
parangolé/paz e amor.

Sibila disse...

Bem que os hippies tentaram. Sei que foi puro romantismo. Mas pra sempre serei simpatizante do "Paz e Amor, bichô".
Paz e amor pra você!
Beijos
E obrigada por aquele notão que deixou lá no Peri. Levo como um abraço.

Sibila disse...

E viva a sociedade alternativa!

Neil Son disse...

xi marcia, não sei nadica de nada desse tal de quíron...

Neil Son disse...

peri: plutão tá fora desse alinhamento planetário porque plutão, coitado, não é mais planeta...

Neil Son disse...

paranga: por alarmantes limitações orçamentárias, a coisa tá muito mais pra cerveja no balcão do que pra ácido no central park...

Neil Son disse...

os hippies tentarm muita coisa e conseguiram poucas, sibila. mas pelo que conseguiram, valeu muito. e mesmo se não conseguissem nada, teria valido a pena. pelo prazer da viagem. what a ride!

GUGA ALAYON disse...

Dia de alinhamento das namoradas?
Pelotão de fuzilamento?

peri s.c. disse...

Neil
Necessário ter cuidado com Plutão. Como escrevi lá na Patty, ele rebaixado à categoria de asteróide, pode estar vingativamente emitindo malignas vibrações, conturbando mapas astrais em todos os continentes.

Silvio Macedo disse...

Caramba! Essa explicação toda me pareceu as equações e histórias que o Polízio e o Murilo inventavam!
Enquanto isso vou escutar o 5th dimention!
Um abraço
Silvio

Anônimo disse...

entendo nada do assunto, mas saquei que seria bem melhor que aquárius começasse amanhã.
imagina, ao amanhecer uns militantes do hamas indo em direção aos israelenses jogando rosas e dançando?
e os de israel aceitando bem quem quer que fosse?
os xenófobos abraçando e beijando todos os estrangeiros que aparecessem pela frente?
e os banqueiros, dividindo seus lucros com os correntistas?

e nós, embarcando na primeira idéia do parangolé, sem precisar tirar visto de entrada?

anna

Neil Son disse...

alinhamento de namoradas no paredão, guga? pra não desperdiçar balas? putz, que rapaz cruel...

Neil Son disse...

admirável mundo de anna! me inclua dentro dele!!

Neil Son disse...

peri: "o herói tem uma capa de estrelas e um cinto de cometas. na testa, a estrela solitária da irmandade dos planetas. voa em seu voo noturno; nos dedos, os anéis misteriosos de saturno... no universo tudo voa, tudo parece balão. só que pra mim, anjo astronauta, só interessam os caminos que levam ao coração". grande jorge mautner!

Neil Son disse...

silvio, você se lembra de alguma música do 5th dimension, além dessa? eu não...

Anônimo disse...

e a musga?
paranga.

Anônimo disse...

Neil:
5th Dimension gravou também Up,up and away,do grande Jimmy Webb,que também compôs MacArthur Park (cantado pelo não menos grande Richard Harris),The Wichita Lineman,Eve(para o festival do Rio de Janeiro),By the time I get to Phoenix,Etc.Sou fã.
E cuidado.Quem der banho no seu cachorro já pode ser Xupa-Cabra.

Günther.

peri s.c. disse...

Neil
Grande Mautner.
Não se fazem mais loucos saudáveis como ele.
Se não existisse, tinham que inventar um.

Neil Son disse...

calma, paranga. "it's cooking..."

Neil Son disse...

grande memória, gunther! valeuaê!!

Neil Son disse...

pra mim, peri, trata-se do verdadeiro malucobeleza.

Silvio Macedo disse...

Last night, I did't get to sleep at all...

Silvio Macedo disse...

Last night, I did't get to sleep at all...