sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Musas de Qualquer Estação




Uma das musas do Cinema Novo, Ana Maria Magalhães enlouqueceu adolescentes e marmanjos como a índia de ‘Como era gostoso o meu francês’, de Nelson Pereira dos Santos. Com o mesmo diretor - com quem foi casada – Ana Maria já havia feito ‘Azyllo muito louco’. Antes disso, filmara com nomes fundamentais do cinema brasileiro como Domingos de Oliveira (‘Todas as mulheres do mundo’) e Leon Hirszman (‘Garota de Ipanema’. E depois, ainda teve papéis destacados em ‘Quando o carnaval chegar’ (de Cacá Diegues), ‘A casa assassinada’ (de Paulo Cesar Saraceni), ‘Joana Francesa’ (de novo, C.Diegues), ‘Lúcio Flávio, o passageiro da agonia’ (de Hector Babenco), ‘Se segura, malandro’ (de Hugo Carvana), ‘Os sete gatinhos’ (de Neville D’Almeida) e ‘A idade da Terra’ (de Glauber Rocha).

No meio da década de 80, Ana Maria passou para o ‘lado de cá’ das câmeras e virou diretora. Dos vários curtas e longas por ela dirigidos, o que teve maior exposição foi ‘Lara’ (de 2002), cine-biografia da atriz Odete Lara, mas não tenho qualquer referência sobre seu filme mais recente, ‘Afonso Eduardo Reidy, saudades do futuro’, de 2004. Aparentemente, ninguém sabe, ninguém viu...
Mas a imagem da espetacular morena em ‘Como era gostoso o meu francês’, maravilhosamente nua em plena ‘década de chumbo’ (anos 70)... quem viu, jamais esquecerá.

11 comentários:

anna disse...

eu lembrava mais do francês.

paulammarques (p2m) disse...

Eu, nem do francês. Neil, mais uma sexta-feira sem comentários!!!
Sem viadagem, nem preconceito, não dá pra ter uns musos também? Quem sabe às quintas... uma sexta por mês?

Neil Son disse...

é anna, entendo... cada um com seu cada um, né?

Neil Son disse...

paula, já te disse que essa seção 'musas' não tem nada a ver com machismo - é, ao contrário, uma exaltação á mulher de maneira geral, e não uma exibição de carnes no açougue. procuro agregar conteúdo, informação, etc. agora, colocar 'musos' aqui?? DE JEITO NENHUM, HAHAHA

peri s.c. disse...

Neil,
Pô, carnes da açougues também tem um puta conteúdo, queremos filés-mignons, fraldinhas, maminhas (êpa ) e outras iguarias.

Neil Son disse...

peri: filé mignon não vai dar, é carne muito mole; fraldinha tb não, é pedofilia. mas as maminhas e demais iguarias, a editoria do blog garante que serão servidas.

GUGA ALAYON disse...

...e nada de salsichas ou linguiças, hein!
ahahaha

paulammarques (p2m) disse...

Agora eu entendi seu discurso anti machista, exaltação à mulher, ha! Por isso mesmo insisto: nem um musinho? Mas não me venha com carne de vaca.

carolina disse...

essa moça tem cara de mulher de verdade, lembra picanha, sal e fogo. as outras postadas me parecem produzidas nas cozinhas do mc donalds, nem fraldinha, nem maminha, só isopor.

Neil Son disse...

guga: precisamos deixar claro pra paula que musos salsicheiros e linguiceiros e outros embutidos (opa!!) não é a especialidade da casa.

Neil S disse...

carol: as outras postadas também eram mulheres 'de verdade', não seja injusta... NO FAST FOOD HERE, BABY!!