sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Declaração de Voto



A diarista que trabalha aqui em casa, Leide, vai votar na Marta Suplicy. E me explicou porque:

“Tenho quatro filhos e moro lá no final da Parelheiros. Antes da Marta prefeita, eu pegava no mínimo quatro conduções por dia para trabalhar e tinha que gastar dinheiro em todas. Os ônibus eram muito velhos, caindo aos pedaços – vira e mexe, quebravam no caminho; ou eu desistia e voltava pra casa, ou pegava uma daquelas lotações clandestinas, que corriam muito e eram ainda mais caras que o busão. Meus filhos não tinham material escolar e nem roupa; tinham vergonha de ir à escola vestindo ‘roupinha pobrinha’ – me contavam que eram discriminados pelas outras crianças que tinham pelo menos uma havaiana pra calçar. Fora da escola, lá no bairro, as crianças não tinham nada pra fazer, nenhum lugar pra brincar ou pra aprender alguma coisa boa. Daí veio a Marta, ela inventou o bilhete único e eu passei a gastar metade do que gastava em condução – e os ônibus melhoraram, tinha até ônibus cheirando a novo na periferia! E mais: a Marta foi lá e inaugurou um CEU – por isso, pela primeira vez na vida, meus filhos foram no cinema”.

Esse breve depoimento dá a pista para aquilo que considero o mais importante na minha decisão de voto em Marta Suplicy. Esse voto é um ato de desprendimento, um ato de amor ao próximo, um ato POLÍTICO de ALTRUÍSMO. Isso porque, ‘na real’, para um cara como eu ou como você que lê esse blog, não faz muita diferença se ganha a Marta, o Kassab, ou o Alckmin, ou até mesmo o Maluf – esses dois, se ainda estivessem no páreo. Continuaríamos com nossas vidinhas mais ou menos na mesma, com nossas pequenas ambições, nossas pequenas conquistas, nossas pequenas posses. Mas o problema é que a maior parte da população precisa - e depende - de governo. Senão, falta até comida. Aqueles que acham, por exemplo, que a popularidade do Lula é um fenômeno de mídia ou fruto da ignorância do povo, enganam-se completamente. É gente que não comia e passou a comer – se o Lula pular do vigésimo andar, o cara pula atrás.

E é o egoísmo das classes mais altas que revolta. Já ouvi gente dizendo: "não preciso de creche, não preciso de bilhete único, nem de banda larga de graça, muito menos de programas sociais. Por que político só tem proposta pra pobre?" Classe me®dia conservadora, mesquinha, hipócrita. Não vale o que come.

Os filhos da Leide não preferem filme de humor a suspense, não saberiam escolher entre um passeio no parque ou uma tarde em casa fuçando na internet. Simplesmente porque essa realidade não existe. Uma pesquisa feita na Cidade Tiradentes, quando o primeiro CEU foi inaugurado, mostrou que 90% da população NUNCA tinha entrado num cinema. Mais que isso: nos CÉUs, além da educação básica, tiveram a chance de aprender dança, fazer cursos artísticos, balé, cursos de línguas, várias coisas: tudo aquilo que nossos papais e mamães de classe média alta insistiam/pagavam para fazermos, para termos cultura, para termos acesso a oportunidades. Já ouvi também muita gente dizer, entre risinhos, que é besteira fazer coisa de qualidade pra pobre – o cara não tem nada mesmo, qualquer coisa tá bom. Pura maldade de quem não sabe enxergar um palmo adiante do nariz.

Pois Marta deu o feijão e o arroz, mas deu também a cereja do bolo. E mais: a prefeitura de Marta Suplicy distribuiu uniforme e material escolar de qualidade para mais de 1 milhão de crianças em São Paulo. Fui testemunha de uma cena emocionante, uma vez no Parque do Ibirapuera, quando organizei um dia inteiro de oficinas musicais para as crianças de 4 a 8 anos, da rede pública do tempo da Marta. Quando a prefeita chegou pra conferir a ação, todas, absolutamente TODAS as crianças, pararam o que estavam fazendo para aplaudi-la, para abraçá-la, para beijá-la, para simplesmente estar com ela.

Enquanto a grande parcela da burguesia opta por Kassab e uma outra reclama do sistema e diz que Marta e Kassab são iguais (mas vota no segundo, ou nulo, ou branco), a galera de Parelheiros, Cidade Tiradentes, São Miguel Paulista, Brasilândia e outros lugares paupérrimos preocupam-se com a educação de seus filhos, as parcas oportunidades de trabalho, a condição da saúde pública e a existência de comida no prato ao fim do dia. Será que só populismo explicaria a quantidade de votos de Marta nas regiões mais carentes - assim como a vitória avassaladora de Kassab nas áreas mais ricas?

Acabei de ver na TV o ‘ direito de resposta’ do Kassab. A Justiça concedeu isso por considerar que a campanha da Marta ofendeu o atual prefeito. Perguntar se alguém é casado é ofensa? Puxa... não sabia... Também acho que foi uma cagada o pessoal da Marta levantar essa lebre, mas acho ainda muito mais ridículo, absurdo e revoltante, a relevância que tal fato gerou na mídia em geral. Nas eleições anteriores, a campanha do Serra distribuiu panfletos com o título ‘ Dona Marta e seus dois maridos’. Alguém se lembra de alguma manchete na Folha ou no Estadão sobre isso? Não, porque não houve. Mas certamente, muitos se lembrarão das várias fotos, nas primeiras páginas dos jornalões, onde seus autores procuravam maldosamente um momento fugaz para ridicularizar e desrespeitar Marta – fotos dela cruzando as pernas, até foto de suas pernas DEBAIXO DA MESA me lembro de ter visto. E onde estavam os arautos do politicamente correto, os defensores do não-preconceito? Onde estava o Sr. Contardo Calligaris – sujeito de quem gosto (ou gostava...) – e que ontem escreveu ridículo artigo comparando Marta a McCain?

Votar em Marta é votar pelo bem da maioria, é votar pelo abrandamento da tremenda injustiça social que abala e envergonha essa cidade. Votar em Marta é uma obrigação para aqueles que se preocupam em enxergar além de suas próprias vidinhas mesquinhas e patéticas.

Marta Suplicy para prefeita de São Paulo. Tenho dito.

PS: Esse post revela de forma cristalina o que penso dessa eleição, mas boa parte dele foi descaradamente chupado de escritos recentes do Gabriel e da Ana Clara – a quem louvo, dou crédito e agradeço.

59 comentários:

Anônimo disse...

o mercado também se ressente da falta de uma líder popular como a Marta.Já se nota a falta de trufas eVeuve Clicquot em sua base sindical; por enquanto ela está só relaxando.
Günther (Petista).

Anônimo disse...

percebi a familiaridade do texto. família mesmo. meu irmão e minha prima com muito orgulho!
família petista..
beijos,
Luisa

Anônimo disse...

Putz...arrepiou!!!
Eu sei que esse tema desfaz namoros, afasta pais e filhos, mas, por isso mesmo, tem que ser encarado.
Vc sabia que, no caos aéreo (que milagrosamente sumiu...), mais de 90% da periferia não conhecia NINGUEM que tivesse sido afetado pelo mesmo, razão de tantas aflições das famílias (as nossas) que economizam para levar os filhos à Orlando ou Bariloche? (pelo menos, de Orlando, esse fake ridículo pós-moderno, eu me poupo...)
E,sr. Gunther, vai te catar!!!
RCG

Ana Clara disse...

HUAuahuahau temo que esse post só tenha comentários dos Gaspar. Esse mundo blogueiro é muito reaça, tá louco, sô!

Poxa, por um bom motivo desses, me sinto honrada com a "chupada" do texto que escrevi em meio a uma profunda agonia, ao ver a imprensa toda enchendo o saco com essa história de o Kassab ser gay e sem discutir o que realmente interessa.

Aliás...Alckmin não anda com Dona Lu para cima e para baixo? Maluf não fala aos 4 ventos que é casado com a mesma mulher há 50 e tantos anos? Acho justo perguntar o estado civil do cara. Mas não do modo que foi feito. Puta cagada, e mais essa a Marta não precisava.

Enfim. Mande esse texto para o http://blogueiroscommarta.blogspot.com/ =)

Anônimo disse...

Proposta B .Como fui amigo e profissional ,trabalhando com Wladmir Herzog nos idos anos 70 ,acho que a inversão da plataforma PT ,ao invés de ser a Marta prefeita , deveria ser o Sr. Aldo Rebelo o candidato. O partido poderia a vir se chamar PT DO B.

Gunther (Iludido e acreditando)

Anônimo disse...

RCG: Você nâo passa de um RG. Caia na real!

Anônimo disse...

Günther disse acima ass.Günther

peri s.c. disse...

Neil
Nesse agora tedioso Palmeiras versus Corinthians eleitoral, acho curiosas essas visões reducionistas dos porques as pessoas votam, num cenário de 13 milhões de habitantes.
A minha empregada, Regina, que mora numa favela, ali no Jardim Peri, vai votar em branco: " É tudo igual, não faz diferença ".
Matou a pau. Uma das insensíveis que não pulariam junto com o Lula, do 20º andar. Acho que nem do 3º.
Recomendo uma leitura atenta dos resultados por região eleitoral. Por ex. Mme Favre perdeu na "periférica" Freguesia do Ó. Os ingratos não deram bola para o Metrô que bateria às suas portas.
E não posso imaginar a Freguesia ( conheço o pedaço, e não por causa do Frangó ) como um antro da empedernida classe média reacionária.
Aliás,não esqueçamos nas duas vezes que o PT chegou à prefeitura, foi contra um candidato que teoricamente nadaria de braçadas na dita classe média reacionária, o Sr. Maluf.
Curiosa a cabeça de eleitor.

Uma coisa me intriga : porque Mme Favre, com todos esses predicados que vocês assinalam e afinada com seu partido, não é a candidata do Sr. Presidente à sua sucessão. Ela tem visibilidade eleitoral, já sai com uns bons milhões de votos na caçapa e no entanto a preferida é outra, que tem que ter sua imagem "criada", coitada, já puseram até um berimbau nas suas mãos .
Mistérios, mistérios...

hélio disse...

Peri, voto no lula mas não pularia também não. Se for da vontade do lula pular, que pule. Gosto muito dele, mas tô fora.
Neil (quem sai aos seus...(parabéns!))e Peri - duas visões femininas do mesmo fato, mas Peri, eu acho que a moça que trabalha na sua casa está mentindo para vc. Será que não está? emprego está dificil, amigo. Tá não? na hora h ela vai sapecar um treze e confirmar.
Acredito que algum elo se rompeu entre a marta e as mulheres. As vezes acho que foi aquela cena do seu casamento, foi ridicula, um acinte. As vezes, acho que mulher não aceita o sucesso de outra mulher. As vezes acho como o Peri e algumas mulheres, que acreditam que a administração marta foi de fato incompetente. E se vc perguntar a razão pela qual não votam na marta, vem sempre um olhar de não sei... Não existe uma razão aparentemente forte, mas tem alguma coisa, que a mulherada sentiu e nós ainda estamos boiando. Quem sabe dos instintos de uma mulher?
De qualquer forma, Neil, o que diferencia a marta do kassab é o ceu, que sem dúvida nenhuma é biscoito fino. É de se lamentar que a população paulistana não entenda e opte pela proposta da marta. Infelizmente com isso, sampa vai perdendo a única oportunidade de ter uma escola de alto nível. Uma pena!

Neil Son disse...

gunther: a marta é milionária, sempre foi, poderia mesmo estar em casa 'só relaxando' - como faz, aliás, a maioria das mulheres paulistanas em sua consição. mas ela é porreta: optou por sair pra briga, optou por dar a cara pra bater. só por isso já mereceria o meu respeito.

Neil Son disse...

luisa: continuo esperando a sua contribuição por aqui, não só nos comments...

Neil Son disse...

RCG: a imprensa brasileira, de maneira geral, é uma das maiores vergonhas desse país.

Neil Son disse...

pois é ana clara, e nem vamos comentar que o alckmin anda com a d.lu pra cima e pra baixo, mas que o chalita está sempre por perto hehehe....

Neil Son disse...

gunther: te aconselho a não entrar em conflito com o RCG. em política, o cara é fera demais; não tem pra ninguém.

Neil Son disse...

peri: votar em branco ou nulo é votar no candidato que tá na frente. aritmética pura e simples. e a escolha de dilma como candidata me parece mais um golpe de mestre do lula. o cara é foda. quem viver, verá.

Neil Son disse...

helio, vc tem razão: fico chocado com a quantidade de mulheres que lieralmente 'odeia' a marta. e não há uma razão concreta que elas apresentem, não há um motivo real. coisa estranha essa...

Neil Son disse...

e reparto com todos o que escreveu o caetano sobre o tema, lá no blog www.obraemprogresso.com.br: "...Por ora, basta celebrar a próxima vitória de Gabeira e dizer que, sem candidato em São Paulo, fiquei triste com a mancada da campanha de Marta. Sempre levo em consideração o fato de um candidato “de esquerda” ser o favorito dos mais pobres. Não é populismo. É uma antiga ligação com a esquerda universitária, que sempre pus em questão mas que sempre me comove quando cria um laço com as populações carentes, pra lá do apelo de time de futebol que ela tem para pessoas de classe média que querem parecer inteligentes, cultas ou bondosas. Mas não dá pra perdoar Marta nem João Santana (que é conhecido meu da Bahia e que ela responsabilizou pela patada) nessa história de perguntar se o eleitor sabe se Kassab é casado e se tem filhos. O velho Suplicy reagiu com dignidade. Se eu fosse o Kassab, eu teria respondido ao indiscreto que, na sabatina da Folha, perguntou “você é homossexual”?, assim: “sou”. Pra cortar o papo. Entre outras coisas, porque nem sei o que possa significar “não ser homossexual.” Eu não daria para ser político (com trocadilho, por favor, como diz o Agamenon)".

peri s.c. disse...

Helio
Ela nâo tem porque mentir, poderia até votar no Maluf, que não correria risco nenhum aqui em casa. Respeito questões pessoais, e voto é uma delas. Não discuto política como não discuto sua religião, ela é evangélica, apenas recomendamos que não entregue seu salário para o pastor.

Quanto à atual candidata, nunca achei que estivesse nem próximo da maravilha que tantos festejam.
E seu partido,bem .... esse, muitos andares abaixo dos ideários proclamados aos quatro ventos quando oposição. No poder executivo demonstraram que são rigorosamente iguaizinhos ( em alguns aspectos até piores ) nas práticas políticas que tanto apedrejaram. Passo.

Neil
pelo seu raciocìno, então você também é um admirador do Maluf. Os dois são iguaizinhos : ricos, arrogantes, pretensiosos, carreiristas políticos, podiam estar em casa relaxando e gozando ... no entanto vem nos encher o saco. Tipinhos assim não me seduzem.

E você não respondeu a questão de por que Dilma e não Mme Favre.

hélio disse...

Peri,
é possivel que passe pela cabeça dela, que se ela declarar o voto ao Peri-patrão, seu emprego pode peri-clitar, e aí nem no Peri-Peri irá morar (hehehe).
Discutir quem é melhor ou pior na politica nacional, não tem sentido, se não levarmos em conta que para governar, neste país, é preciso compor. É aí que o bicho pega. Compor com gente que odeia tucano e petista com a mesma força.
Esses caras que estão compondo com pt e psdb não estão nem aí se detonarem com os dois partidos. Parece que é isso que querem. E o que é pior. Estão conseguindo.

Neil, é realmente muito estranho. As mulheres com as quais conversei (de várias classes sociais) tiveram a mesma reação, as mesmas caras e bocas. O que é mais estranho ainda.

Anônimo disse...

Neil Son: Mudando de alhos prá bugalhos,aqui vai uma indicação de pauta:"Mulheres que não envelhecem", Giuliana Morrone,repórter da Globo,Marieta Severo,Sofia Loren,tua mulher, a minha,e tantas outras que a tua memória infalível e invejável vá buscar!
Günther

Sibila disse...

Neil,
isso aqui vai ficar grande, desculpe, é como posso me expressar.
O q me faz votar em algum candidato ou partido é o projeto social q propõem - um modelo de desenvolvi/to de inclusão nos diversos e + amplos sentidos. Mas já o modelo embute uma maneira de se fazer política, onde o clientelismo político seja combatido, q tem tudo a ver c/aprofunda/to democrático, c/ a possibili// cada vez maior de diálogo e participação pluralista. O gov PT e Lula (mesmo c/ os aliados de q dispôem) têm conseguido avanços nessas áreas, inegavel/te c/ maior comprometi/to e eficácia q governos anteriores. Só q ainda repleto de tomas-lá-da-cá, ex. favorecimento gritante do agrobussiness q implica em desastrosos crimes contra o meio-ambiente; uma política indigenista medíocre; fala-se no pré-sal, mas ñ se discute o impacto ambiental, q é social, q sua exploração pode causar etc). Que a maneira de se gerir o poder tinha a cara deslavada do favorecimento, da privatização em mãos de uns do poder, concordo, mas o atual governo tb se utiliza em gde parte dessas práticas.
Não é ser purista, Neil, sei q é preciso fazer alianças pra governar, mas será q os limites para as tais não poderiam ser outros? Menos política de gabinete e mais transparência e abrangência de interesses?
Aqui em SP, acompanhando o gov Marta (2000-04), reconheci e reconheço mtos acertos (CEUS, transportes, até estudos sérios na área de habitação q, se houvesse + tempo, poderiam ter sido ótima realização); mas erros crassos, c/ mta, mta corrupção e um jeito de fazer política de maneira escusa (conheço Zarattini desde mto tempo, da adolescência), q realmente chega a chocar.
Não é uma democracia + plena, + debatida e portanto + às claras, + pluralista q desejamos?
Ok, caminhamos, mas por vezes tropicamos demais. Acho q um toque, um voto de protesto q traga crítica construtiva (não nhén, nhén, nhén), vale a pena, no 1o turno.
Vou votar Marta, Neil. Mas voto meio brava. Torçamos q, eleita, veja q besteira q foi fazer a campanha como fez, em parte, no 2o. turno. Correção de rota, aprumar a meta e destino quiçá pra uma cidade mais cidade.
(Ficou enorme, ô insônia),
bjs.
Tb detesto a hipocrisia da gde. mídia em geral.

Ana Clara disse...

Se o Kassab assumisse sua orientação sexual subiria muito no meu conceito!

Anônimo disse...

EXtra! extra! Torcida do São paulo acaba de declarar apoio ao Kassab!!!

M.J. disse...

É isso aí Neil Son!

hélio disse...

Subiria no meu conceito também, Ana Clara.

Neil, a campanha da marta jogou a toalha. O pt está sentando o serra definitivamente no colo do pfl.

Patty Diphusa disse...

Grande Leide. Mandou muito bem e explicou de uma forma simples o governo Marta.
Meu voto é Marta de primeiro turno pque acredito na sua capacidade de fazer um bom governo e com atenção especial para áreas que mais necessitam.
Também concordo que é uma das pessoas mais perseguidas por sua vida pessoal, até os argumentos contra ela são, na maioria, pessoais. E a mídia não apenas ignorou como incentivou isso.
Agora, o pagar na mesma moeda sempre foi um tiro meio duvidoso. Não acho que o Lula, em 89, não utilizou aquele dossiê contra o Collor apenas pque não concordava com esse tipo de revide. E ele não concordava. Mas acho que seus marqueteiros sabiam que seria uma cilada que lhe tiraria a pouca chance de ganhar aquela eleição.
Ela, teimosa, fez e podemos ter o DEMo por mais quatro anos. Não acho que seria isso a decidir, mas, pelo próprio histórico dela a favor da diversidade sexual, era melhor ter lulado.

Bjs

Neil Son disse...

peri: a marta saiu candidata a prefeita pelo fato do partido considera-la como o nome mais forte capaz de ganhar essa eleição. era uma avaliação correta, pelo que demonstravam as primeiras pesquisas. mas ela mesma relutou bastante antes de aceitar, lembra-se?

Neil Son disse...

boa sugestão, gunther! vou preparar algo.

Neil Son disse...

sibila, concordo em grande parte com a sua avaliação. e entendo que, num país tão maltratado por tantos séculos por elites e oligarquias absolutamente perversas e insensíveis, a melhora é lenta e só possível com muitas concessões desagradáveis, muitos sapos a engolir pelo caminho. infelizmente, esse é o jogo; ou então, que partamos todos para a luta armada.

Neil Son disse...

helio, serra no colo do pfl? acho mais provável o contrário, hehe...

Neil Son disse...

concordo, ana clara.

Neil Son disse...

pela entrevista do joão santana (marqueteiro da marta) na folha de sábado, ficou claro que ela realmente não sabia do lance das perguntas. faltou a ela agilidade para assumir a cagada, pedir desculpas e demitir o fulano, imediatamente.

peri s.c. disse...

Neil
Não, não me lembro de Mme Favre relutar antes de assumir qualquer cargo. Foi para o ministério do Turismo, depois de tentar ardentemente o da Educação, passando por cima do ministro que lá está, para voltar à midia e alavancar sua campanha para a Prefeitura. E fez bastante barulho com os tais financiamentos para turismo de terceira idade ( hummm, dizem as péssimas e maldosas línguas que aí tinha truta, qualquer coisa em relação a formar caixas de campanha, saiu em algum lugar da imprensa golpista ). E mais barulho ainda com sua idiota declaração do "relaxa e goza". Sempre achei que o mínimo a se esperar de um homem ( mulher) público (a) era uma certa compostura no cargo. Não basta ser sério, tem que parecer sério.

Quanto a ela despedir seu marqueteiro, antes devemos investigar se seu ( dela ) conjuge não está também prestando serviços para a empresa de tal publicitário, como já prestou ( ele, o conjuge ) para o marqueteiro da campanha presidencial. Na época, ganhando conforme declararam,20mil por mês. Se declararam que era 20, devia ser uns 100, já que as origens, circulações e destinos da bufunfa de campanha são misteriosas. Mas até aí nada demais, né?. Afinal, se os outros fazem ....


Você ainda não me deu sua versão sobre a escolha da Dilma.

jayme disse...

Neil, é inegável que a administração Marta tenha, na área social, trazido grandes ganhos em relação às que a antecederam -- Maluf e Pitta. É inegável também que Marta tenha deixado legados importantes -- considero o transporte público o de mais destaque. No entanto, desemocionalizando a conversa, tirando a abordagem "vitimizante", veremos que:

a) Marta meteu os pés pelas mãos em diversos momentos de seu governo, como o da "opção pelos túneis",
clara medida eleitoreira, feita de afogadilho, com erros importantes de engenharia (não é o PT que gosta tanto de discutir as coisas? Como não se ouviram as diversas opiniões de engenheiros sobre os túneis? A maioria deles, e com petistas entre eles, diz que a Faria Lima, mais larga, é que deveria ter passado por baixo da Rebouças);

b) A administração Serra/Kassab deu continuidade ao que era relevante na área de educação, corrigindo o lastimável erro de Marta, de aplicar verba, que era escassa, nos CEUs, antes de acabar com as escolas de lata. A educação municipal sofreu um revés sério, que foi a gestão Pitta-Maluf, após ter sido reconstruída por Luiza Erundina. O que se vê hoje é uma retomada da evolução da escola municipal, com a construção de novas escolas, a recomposição do salário dos professores, um tão necessário padrão curricular, a redução pela metade do absenteísmo dos docentes(recebido em certos meios corporativistas com um "ai, ui, como o Serra é repressor"), a melhoria do Leve Leite e do fornecimento de uniformes.

c) Na área da saúde, ao contrário do que a campanha eleitoral do PT faz crer, a administração Serra-Kassab teve ganhos importantes, com a instalação das unidades de atendimento médico-ambulatorial -- as AMAs --, que ajudam a desafogar as UBSs e os hospitais. Também foram retomadas as obras abandonadas dos hospitais Cidade Tiradentes e M'Boi Mirim (este apenas um terreno com uma placa, no fim da gestão Marta), e se estabeleceram importantes parcerias com instituições privadas, como o Einstein e a Santa Casa, para aprimorar a gestão dos equipamentos de saúde (algo também classificado pela turma de Heloísa Helena como "privataria", sendo que a sugestão dessa turma é que a prefeitura desfaça essas parcerias e inicie uma lenta e dolorosa reinvenção da roda);

d) A preguiça me leva a ir logo ao ponto central desta verborragia toda: do ponto de vista da evolução dos serviços prestados pela prefeitura à população mais carente, é uma falácia que não merece crédito dizer que a atual administração as deixou de lado. Sempre há, entre uma administração e outra, mesmo quando são do mesmo partido, mudanças gerenciais. Mas olhando o trabalho da atual administração na área social e no atendimento a quem mais precisa, o que se vê é uma evolução em relação à gestão anterior. Negar isso é comprar a visão capa-e-espada de que Marta é o bem e Serra e Kassab são o mal. É desperdício de neurônio levar a discussão a esse miserê político.

O resumo é: o atendimento a quem mais precisa vem melhorando a cada ano, de 2001 para cá. Que continue assim.

Desculpe a verborragia. É que eu quis escrever mais que o Hélio.

Anônimo disse...

Eu recomendo: http://noticias.uol.com.br/monkeynews/ultnot/2008/10/15/ult2529u426.jhtm

Jayme

Neil Son disse...

e eu recomendo esse link: http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&post_id=215

Neil Son disse...

peri: e quanto a dilma... ai que preguiiiiiça! tenho as respostas, cansei de falar desse assunto. vou preparar um post sobre musica, jogo de palitinho, o jogão de ontem sp x porco, musas, qualquer coisa...

Anônimo disse...

Neil, fui ao link. Parei a leitura no meio, apenas para confirmar de novo o que todo mundo sabe: Emir Sader continua sendo lixo intelectual.
Jayme

Anônimo disse...

Essa discussão política está ficando mais chata que as músicas do Padre Marcelo (que é o mais vendido(sic) nas paradas(sic).
...E aproveitando a entrada,você pode pensar que o anônimo que citou o apôio da torcida do S.Paulo ao Kassab fosse eu.Não foi .O cara foi mais rápido !
Günther.

Neil Son disse...

tem razão, gunther: isso aqui já ficou chato pracarái...

peri s.c. disse...

Neil
é justo, vamos cuidar de coisas mais importantes, os dados já foram lançados. proponho mais musas.

peri s.c. disse...

Aliás, que virada suína ontem, hem ?

Patty Diphusa disse...

Maravilha, não Peri? Um time que sabe virar. E nem sempre pra chafurdar na lama.


bjs

trigoogala disse...

Foi armação do Serra!
É tricolô...

Anônimo disse...

Meu Deeeeusss quanta gente chata e arrogante!!!!!!!

Anônimo disse...

o porco não virou, apenas empatou e por sorte, não competência..
vamo tricolor!!
beijos,
Luisa

Neil Son disse...

é isso mesmo luísa: não virou, empatou na sorte (escorregão do andré dias no 1o. gol e desvio involuntário do dagoberto no 2o.) e ainda contou com o azar do hernanes perder um gol inacreditável no último minuto.

peri s.c. disse...

Rá, rá, vocês são-paulinos são hilários! Achavam que o jogo estava ganho, até o Muricy estava suroreendentemente com a cara tranquila, e iam saborear um caviar após o jogo, mas acabaram sentando numa bela "bracciola".

peri s.c. disse...

"...surpreendentemente ... "

Neil Son disse...

o jogo estava ganho, peri. o saopaulo controlava bem, os porco tinham posse de bola, mas nao consseguiam criar oportunidades, tudo caminhava para uma vitoria tranquila, provavelmente por 3 a zero. mas aí, veio o escorregao do andre dias (e ainda tivemos que ouvir na globo que foi um dribe 'desconcertante'do denilson, arre...)

peri s.c. disse...

Neil
O futebol é ( quase ) uma caixinha de surpresas . Mas foi um belíssimo jogo . Com dez de cada lado você não acha que o jogo melhora ? quase fiz um post à respeito.

Foi um belo drible, tão bom que o André caiu ao tentar acompanhar. Mas ali a falha, que ninguém comentou, foi do Rogério Ceni, agachado, a bola passou quase mansa entre sua mão e sua perna, parece que deu um branco nele.

googala disse...

Peri, mais respeito pelo melhor goleiro do mundo.Por favor!
A propósito,
a bracciola tá mais pra carne moída de Big Mac e
branco é quando aquele porco frangueiro tenta chutar a bola com os pés, er, com as patas.
ahahaha
Vai vendo os pepinos(mais lisa que as bracciolas, caro) que o parmera vai pegar daqui pra frente.
Está fora da libertadores.
Mas acho que a sul-americana vcs ainda conseguem tentar algo no ano que vem.
abraços tricolinos do córrego das pacas

peri s.c. disse...

Marcio
Maior goleiro do mundo ? Não, não falei do Marcos. Esse sim the best, não ficaria olhando para as lentes dos fotógrafos buscando o seu ângulo mais fotogênio enquanto a penosa roçava seus dedos.
O Palestra vai pegar mais ossos duros de roer que o SP. Quanto maiores os adversários mais gloriosas as vitórias, ah, ah. Tríplice coroa suína à vista : brasileirão, libertadores e sul-americana.
Abraços tricolinos ( alvi-verde do Palestra e grená do Juventos )também.

googala disse...

Peri, foi o outro tricolino que falou do marcos. Eu
abçs dos arrentinos rúnios

peri s.c. disse...

Putz, é mesmo Googala, foi você.
Quem deu o abraço, de tamanduá, foi o juiz, estava na gaveta dos hermanos, puta ladrão descarado não deu o gol nem com a bola entrando 1 metro e meio. Juizes são umas caixinhas de afanos.
abraço

Rodrigo Padron disse...

Oi Márcio.Delícia de texto. Concordo amplamente com praticamene tudo que está no artigo, mas quero apontar alguns problemas, neste caso, sobre a Marta.

É difícil aceitar um amigo ou um chefe que seja extremamente arrogante. Sou do tipo que trata todo mundo de Vossa Excelência. Devemos ser todos educados e gentis uns com os outros.

Infelizmente, este é o meu juízo sobre a Marta, após uma experiência na cobertura política e, depois, como cidadão e consumidor do noticiário.

Raramente, vejo tanta soberba em um indivíduo. É uma pena. Isso faz a gente se distanciar deste tipo de personalidade, mesmo que, por trás dela, respire alguém com boas intenções.

Abração e parabéns pelo espaço.

Neil Son disse...

você pode até ter razão, rodrigo, mas a eleição não é pra chefe e nem pra amigo - e não acho que a suposta soberba da marta influencie negativamente no desempenho dela como prefeita e, mesmo se influir, ainda assim ela é uma candidata MUITO superior ao seu oponente. Valeu a visita e obrigado pelos elogios. volte sempre!

Ana Clara disse...

Todo mundo acha que o maior defeito da Marta é a arrogância.
Longe de mim elogiar isso, mas imaginemos uma ricaça todo boazinha, compreensiva, gentil. Que espaço teria na política?
A arrogância ajudou Marta a trilhar seu espaço nesse meio, por mais nojento que essa afirmação pareça. Pelo menos ninguém pode acusá-la de não ter personalidade, de ser laranja de alguém - como, aliás, dizem que o Kassab é do Serra.

Antes ser arrogante do que ser pau mandado.

O problema REAL da Marta é a incrível mania de explodir nas piores horas. Tá louco, sô, alguém dá uma maracujina pra ela!

Voltando um pouco: o Kassab continuou sim ALGUNS projetos sociais da Marta. Cortou pela metade a quantidade de beneficiados pelo renda mínima, pelo vai e volta, por programas para recolocar adultos no mercado...

Os CEUs, sabemos bem, ele continuou por pressão das comunidades, que viram que aquilo era bom. Mas o Kassab, assim como a Marta apregoa, não entendeu o conceito dos CEUs, teima em achar que é um Escolão. Prova substancial é o CEU Vila Formosa. Kassab promete entregar as salas de aula em fevereiro. Sobre as "atividades extra-curriculares" (piscinas, teatros, quadras, etc) ele disse: "fica para abril, maio, junho".

Diferença: idéia elitista de ensino. Alguém aqui é pedagogo? Saberia falar sobre a importância das tais "atividades extra-curriculares" no desenvolvimento do aluno? Isso, lógico, sem contarmos aquela velha história de que o bairro carece de equipamentos de lazer e blábláblá.

Só que eu não sou uma fanática militante. Eu sei reconhecer o que uma gestão fez de bom. Kassab soube manter a cidade em ordem. Cortou a grama dos parques, asfaltou a cidade, fez um projeto bem interessante, o Cidade Limpa...

Acontece que discordo das diretrizes que norteiam o partido dele.

Mas parei o assunto, também. Sério. Pelo menos por aqui. Tenho um tcc para terminar.

malu fernandes disse...

Marcio, também baseei meu voto "imaginário"- porque voto no Rio, como você sabe- em conversas com quem passa 365 dias por ano em São Paulo. Um papo com um motorista de taxi foi fundamental. Ele elogiava o CEU e o fato de o Kassab continuar o projeto de Marta. Gosto disso, um aproveitar o que é bom no outro. Falta isso no Brasil. Gosto da cidade limpa que ele fez- tenho prazer imenso em ir para São Paulo. Não sei se é porque São Paulo tá bom ou porque o Rio tá uma zona. Tô quase dirigindo melhor em São Paulo, as placas nos orientam. No metrô, as pessoas te informam com gentiliza e educação, tem cyber café. Olha, votei no Lula e acho que, entre acusações de roubo, mortos e feridos, vivemos ainda um momento histórico para a construção de nossa cidadania. Lula é hoje o maior líder da América Latina. Votar em um político que nunca tenha sido casado na maior cidade brasileira é mais uma quebra de paradigmas. Precisamos cuidar de nossas palavras, inclusive o Senhor Kassab, viu? Para santo falta muito. Nunca me esqueço daquela imagem dele gritando com um doente em pleno hospital. Marta já teve sua chance. Kassab está há apenas dois anos. Não gosto nada, nada do DEM mas vamos dar uma chance a ele. Recebi um email dizendo que, num debate na UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro), chamaram o Gabeira de viado e ele disse: "sou casado, tenho duas filhas e vou governar com a cabeça, não com o cú". Então é isso, Marcio, vamos deixar o Kassab governar com a cabeça agora. E anotemos o que cobrar daqui a quatro anos. Obrigada pelo comentário sobre o assunto no meu blog (http://shoppingdecomunicacao.blogspot.com). Desculpa mas não quero investir muito tempo neste debate porque estes políticos derrubam empreendedores com tantos impostos que nos sufocam e preciso voltar ao trabalho. Beijos, Malu