quarta-feira, 1 de outubro de 2008

Análise de Retorno Financeiro


A foto, não sei de quem é. Mas o texto abaixo é uma colaboração da minha amiga, a jornalista carioca Malu Fernandes. O blog dela (shopping de comunicação) tá linkado aí ao lado. E o texto revela que as agruras atuais ainda não destruíram o bom humor do habitante daquela cidade ainda maravilhosa...

Se você tivesse comprado, em janeiro de 2005, R$ 1.000,00 em ações da Nortel Networks ou da AIG, ambas gigantes da economia americana, teria hoje R$ 59,00. Se optasse por utilizar a mesma verba em compra de ações da Lucent Tehnologies – na época, uma potência das telecomunicações -, teria hoje R$ 79,00!

Mas se em janeiro de 2005 você tivesse usado os mesmos R$ 1.000,00 para comprar latas de cerveja, tivesse bebido tudo e guardado as latinhas pra vender hoje, teria R$ 80,00!

Conclusão:
No cenário econômico atual, você perde menos dinheiro se ficar sentado e bebendo cerveja o dia inteiro...
Mas é importante lembrar que, quem bebe mais vive menos.
Menos triste
Menos deprimido
Menos tenso
Menos puto da vida

Pense nisso... e... se for dirigir, não beba.
E se for beber, me chama.
Se não me chamar, pelo menos me manda as latinhas!

12 comentários:

Patty Diphusa disse...

Uma análise que, com certeza, é bem melhor do que aquela em que imagino tudo que teria comprado com as cervejas que tomei na vida. E não seria pouca coisa, vamos combinar.

Bjs

Anônimo disse...

se a gente pensar bem, pode até ser uma forma de voltar ao escambo, que eu acho que é a solução pra economia mundial. [[]] guzik

gugala disse...

ahahaha

anna disse...

guga, tá bebo?
ou vc já tinha pensado em tudo isso e tá nadando em dinheiro gerado das latinhas?

Márcia W. disse...

As palavras da conclusão merecem ser lapidadas em mármore!;)

Neil Son disse...

patty, seu comentário me lembrou trecho de entrevista do grande JAGUAR, que postei aqui certa vez. olha o que dizia o mestre: "Bebo desde os 16 anos, o que soma 60 anos de birita. Nos primeiros 10 anos, bebi moderadamente. Como hoje, uns 3,5 litros por dia. Dos 26 aos 75, enfiei o pé na jaca, na base de oito litros por dia. Confiram: dá 150.960 litros de cerveja em 60 anos. Bebi ao longo desses últimos 60 anos, 154 caminhões-pipa de 1.000 litros cada. Isso sem falar nos destilados, cachaça, whisky, steinheger, underberg e outros menos votados".

Neil Son disse...

sou TOTALMENTE a favor da volta do escambo, guzik!!!

Neil Son disse...

anna, o guga não bebe, remember? o cara deve ter caído no pote, que nem o obelix...

Neil Son disse...

é mesmo marcia, hahaha!

peri s.c. disse...

Sr. Neil Son
cordiais saudações

A diretoria de Chupinhamentos e Genéricos de nosso Armazém solicita autorização para chupinhar, com os devidos créditos ( mas sem pagamento de royalties,nosso caixa anda baixo ) seu excelente post de hoje e colocá-lo em nossas prateleiras, coroando magistralmente a discussão que lá iniciamos, ao apresentar o 3º lado da questão que atormenta o mundo financeiro intergalático.

Att.
Peri S.C.

Neil Son disse...

Prezado sr. diretor do Armazém,

Encaminhamos sua solicitação, em três vias e devidamente reconhecida
em cartório, ao nosso departamento de Análise de Chupinhamentos e
Genéricos. Este houve por bem DEFERIR o seu pedido, desde que,
evidentemente, citadas as devidas fontes.A saber:

Blog 'QuasePouco', que por sua vez chupou da jornalista (DA
jornalista, não A jornalista, veja bem...) Malu Fernandes, que por sua
vez chupou não se sabe quem (ops! 'não se sabe DE quem').

Saudações cordiais

peri s.c. disse...

Sr Neil

Agradecemos sua gentil autorização, que registraremos em cartório, sabe-se lá o futuro .

Atenciosamente