segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Dica da Semana


Sexta e sábado, Gilberto Gil no Citibank Hall, com seu novo show 'Banda Larga Cordel'. É a primeira turnê desde que deixou de ser ministro. Já passou por algumas cidades européias, norte-americanas e sul-americanas; nos EUA, recebeu crítica super-elogiosa do New York Times. Depois de se apresentar no Rio, semana passada, Gil chega a São Paulo.

Um show de Gil é sempre um acontecimento; sua simples presença já desperta aquele clima de excitação em muita gente. Tive a oportunidade de acompanhar Gil em algumas turnês Brasil afora; muitas vezes, observava curioso a variedade de tipos que comparecia aos shows e as pequenas multidões que, a cada cidade, vinham conversar com o artista no camarim, após os espetáculos. Tinha de tudo: de fãs assustadoramente devotos a políticos locais, de tietes oferecidas a insistentes artistas iniciantes, de malucos viajandões a pseudo-parentes do interior da Bahia. Certa vez, conversei com Gil sobre isso, que se disse também impressionado com o fato, a ponto de estar preparando uma música a respeito. A tal música apareceu algum tempo depois; sua inspirada letra segue abaixo:

"Febril", de Gilberto Gil


Veio gente me pedir uma esmola
Veio gente reclamar uma escola
Veio gente me aplaudir
Veio gente vaiar
Veio gente dormir nas cadeiras

Veio gente admirar meu talento
Veio gente adivinhar meu tormento
Veio gente me xingar
Veio gente me amar
Veio gente disposta a se matar por mim

E eu cantava aquela música aquela música alucinação
Como se eu fosse um punhado de gente
E aquela gente ali não
Como se o salão repleto fosse um deserto e eu fosse mil
Mil troncos de arvores velhas arvores velhas de pau brasil
Tanta gente e estava tudo vazio
Tanta gente e o meu cantar tão sozinho
Todo mundo mundo meu
Meu inferno meu céu meu vizinho

21 comentários:

Ricardo Soares disse...

pena que perdi o show do gil no rio... e vc,viva!!! aprendeu finalmente a usar o azulzinho...o hiperlink!!! viu quanto tempo e acesso direto ao seu blog através dos seus comentários que vc estava perdendo ??? manézão!!! abraço

Ricardo Soares disse...

Pô Marcinho... quem ri por último ri melhor... vc aprendeu algo mais do que eu... seu hiperlink em azul joga direto pra o seu blog e não para o perfil como o meu e a maioria... hehehe...demorou pra aprender mas aprendeu bem... como é que vc fez isso ? vi que o "r" que comenta no meu blog fez o mesmo ... me ensinem, please...abs etco,a

Neil Son disse...

putz ricardo, não tenho 'loção'... não fiz nada diferente.

anna disse...

lucidez poética não falta ao jovem senhor.

Anônimo disse...

Que bom que o Gil voltou a ser capitão de fragata.
Günther.

Neil Son disse...

é... isso nunca faltou mesmo, anna.

Neil Son disse...

gunther: antes capitão de fragata do que cafetão de gravata.

peri s.c. disse...

Gil, grande músico, como compositor não é assim um dos meus maiores favoritos, mas muito bonita essa letra aí.
Um dos bons aspectos dele ter voltado a ser um artista full-time é que, não sei porque, nos livraremos da presença daquela filha dele, humm, como é mesmo o nome?

googala disse...

ei de ir-me

Neil Son disse...

preta gil, peri? só não entendi porque a volta dele é condição pro sumiço dela.

Neil Son disse...

guga: emos de ir-nos.

peri s.c. disse...

Neil
Ué, deixou de ser ministro. A midia não tem mais que badalá-la. Não fosse ele ministro, teria ela tido a oportunidade de ter "virado" "celebridade", apresentadora de tv, arroz de tudo quanto é festa, ter sido rainha de bateria da Mangueira, etc, etc, etc ? Sei não ...
Nesse aspecto, a saída dele do ministério preenche uma lacuna na cultura brasileira, eh, eh.

Neil Son disse...

com aquele corpão, peri, preencher lacuna é com a preta gil mesmo, hehehe...

peri s.c. disse...

ah, ah, ah
banquete para 412 talheres.

Anônimo disse...

Preta está para Gil,como Yoko estava para John?
Günther.

carolina disse...

eu acho a preta gil gostosa, pena que tem jeito de baranga.

Neil Son disse...

gunther e carolina: imaginei agora o que seria uma fusão fisica de yoko ono com preta gil. acho que não vou dormir essa noite...

Anônimo disse...

Dica para novo CD,(com revisão ortográfica): "Trepa Gil e sua risada orgasmo-múltipla".
Participações de Fafá de Belém,Ana Maria Braga,Bira(do Jô)e seu conjunto de hienas.
Günther.

jayme disse...

Linda letra. Aliás, se a gente colocar as letras de Gil num saco e puxar uma ao acaso, a chance de sair um aobra-prima é imensa. E Gil vai pra Sumpaulo logo qdo eu venho a Salvadô. Sacanagem.

Anônimo disse...

Neil: Bloga outra que eu viciei nessa pôrra!
Günther.

franka disse...

foi legal o show?